Ensaio

Todo vida que eu estiver com alguma coisa muito forte dentro da minha cabeça eu tenho que escrever.
Sempre que eu me pegar simulando um diálogo ou um monólogo eu tenho que escrever.
Sempre que eu me pegar viajando em pensamento e formulando falas e reflexões eu tenho que escrever.
Eu sempre me esqueço disso, mas é pra isso que existem o caderno, a caneta, e editor de texto e esse blog.
Foi por isso que eu comecei a escrever e é assim que eu me livro desses pensamento que ficam grudados na minha cabeça, me assombrando, ocupando espaço, gastando tempo e energia.
Quando as reflexões acontecem ao vivo em uma conversa é show de bola, não fica guardado em lugar nenhum, além da memória dos participantes e vai ficar marcado, e vai causar reflexão… E dai surgem os melhores textos, bem elaborados, com conteúdo de qualidade, e o pensamento vai evoluindo. Mas sempre que eu me pegar fazendo esse processo sozinho, eu tenho que vir pro papel, porque está havendo um desbalanço ai.
Eu deveria estar conversando com alguém, mas estou é ensaiando uma conversa, não vai dar em nada e não vai haver interação nem evolução.
O papel é uma forma de não desperdiçar esses momentos de inspiração e conclusão e registrar para um futuro aprofundamento.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s