Escrever reviews super detalhados dos meus dias e das coisas que comi

O que é isso? Daily blog. Anthony Bourdain. É a ideia de querer fazer um vlog/blog de um diário de bicicleta rodando o Ceará, inicialmente. Aproveitar pra experimentar a verdadeira culinária local, escondida nas entranhas da terra. Encontrar os verdadeiros sabores desta região e aprender com a sabedoria e experiência do povo que vive escondido da mídia e das cidades.
O verdadeiro gosto dos vilarejos, fazendas e interiores do sertão. Uma imersão.

Eu sempre quis viajar. Sempre foi uma vontade muito grande. Conhecer o mundo.
Mas depois de muito reflexão passei a pensar que devo primeiramente conhecer meus perímetros mais próximos, e sem pressa, ir aumentando meu grau de alcance.
Valorizar o que está próximo. Conhecer meus vizinhos. Devo conhecer minha rua, meu bairro, minha cidade, minha região.
Viajar sem pressa, passo a passo. Parar e conhecer. Contemplar.
Eu sou isso. Uma pessoa que gosta de contemplar. Olhar. Absorver. Ouvir.
Tenho dois ouvidos e dois olhos e apenas uma boca. Devo usá-los proporcionalmente.
Os melhores professores estão na rua. Basta dar-lhe ouvidos.

Viajar não é uma coisa de finais de semana, de feriados ou períodos de férias, onde você se veste com uma fantasia de turista e desfila por lugares inusitados como um alienígena à registrar compulsivamente o trajeto com fotos e vídeos.
Viajar é mudar a mentalidade, o ponto de vista, a rotina, a maneira como se interage com o meio.
A viagem começa dentro de casa. A mente que muda, em seguida os ambientes mudam e só então a viagem começa a fazer sentido.
Se a mentalidade não se modificar anteriormente ao período de viagem, todas as experiências terão um sabor irreal e ilusório. Como de um sonho ou devaneio.

Muitas vezes ao retornar de uma viajem me sinto triste, chateado e consternado por ter de voltar a uma realidade familiar, tediosa, cansativa e repetitiva.
Essa realidade deve ser modificada antes mesmo de sair de casa. E deve continuar se modificando durante e depois da viagem.
Na verdade o homem deve viver como um viajante. Com a mente de um viajante. Em constante mudança, observação, aprendizado e curiosidade.
O que matou nossa sociedade foi a morte do nomadismo e junto com ela, o fortalecimento do culto ao conforto e à acomodação.
Devemos rejeitar o conforto, à imagem de Hércules durante sua viagem com os argonautas.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s