Projetos

Eu ficava me perguntando porque as pessoas não faziam coisas em grupo, nem fundavam empresas, nem colocavam projetos pra frente.
Dai eu descobri que as pessoas pouco se importam.
O pior bicho que existe é gente.
E “as gentes” estão pouco ligando para o que você pensa, para o que você quer fazer, para a sua ideia fantástica.
Podem até fingir, balançar a cabeça e fazer cara de interessado.
Mas no fundo “as gentes” não estão nem ai pra você.

Na verdade elas não estão nem ai pra si mesmas.
Não se importam nem valorizam suas vontades, suas ideias, seus anseios.
Se esquecem de si mesmas, de quem são.
Se perdem dentro de si.
Continuam vivendo suas vidas de gado.
Começam e desistem dos mais diversos projetos, eternamente, nunca concluindo nada.
Os poucos e raros projetos que conseguem concluir, são projetos pessoais de beneficio próprio. Na maioria das vezes de curto prazo, e com grandes possibilidades de falha.

Projetos em grupo são a coisa mais rara do mundo. São necessárias, antes de bons grupos, grandes pessoas. Muito seguras de si e do que querem, com objetivos muito claros e mentes muito sãs.

Pessoas que fazem a sua parte, não importa o que os outros pensem. Pessoas que fazem primeiro e depois perguntam. Pessoas que fazem.

A verdade é que somos todos inseguros. Precisamos que outra pessoa diga que somos capazes, que o que fazemos é bom, para que acreditemos em nós mesmo.
Por isso que a auto-ajuda dá tão certo. Os caras cobram autos dinheiro só pra dizer: “você consegue”, “você é capaz”.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s