Assistencialismo

Eu considero o assistencialismo como uma doença.
Somo educados a aceitá-lo desde pequenos.
Somos instruídos a esperar pela ajuda dos outros.
A resolução dos nosso problemas é sempre designada à obrigação de outras pessoas.
Eu ainda estou tentando me curar, mas não é fácil depois de uma vida inteira em erro.
Ainda preciso receber uma bolsa da UFC pra sobreviver, ainda preciso comer no RU pra matar a fome.
Ainda conto com essas ajudas nos meus planos.
Somente quando destruirmos essas hábitos de esperar pelos outros e começarmos a tomar as atitudes necessárias por conta própria, conseguiremos construir um país melhor.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s