more regrets

macarrão caseiro

  • revenda nos comércios locais;
  • massa fresca;
  • comprar rolo de macarrão – 50 reais – facilitaria minha vida e talvez me incentiva-se a cozinhar mais – na mão não dá;

Uma vontade louca de cozinhar.
Sempre que eu penso em cozinha eu me pergunto se isso tem alguma coisa com ser viado.
Quando eu era moleque eu experimentei com meu ânus.
Hoje em dia eu sei bem que não quero nada com isso.

Mas e esse negócio de cozinha?
Isso não é coisa de mulher?
Na Itália, que é a terra da culinária que eu mais aprecio, quem cozinha é a mama.
Quem manda na cozinha é uma velha, só tem mulher na cozinha.
No Ceará, que é onde eu vivo, só tem mulher na cozinha.
E ai? na França os cara são tudo afeminado: os melhores chefs são de lá.
Qual a relação do desejo sexual com a aptidão culinária?
O que tem a ver um com o outro?

Eu tenho preguiça de cozinhar por causa das regras que eu mesmo crio.
De fazer tudo por conta própria, querer sempre fazer da maneira mais roots e oldschool possível.
Eu quero sempre ser muito roots.
Quero abrir a massa do macarrão na mão.
Mas eu não tenho saco nem energia pra isso.

Qual é a minha?

jantares particular para os amigos

  • cardápio

esse negócio de culinária é forte mesmo comigo.
Todo dia eu sinto uma vontade, sempre eu penso algo, viravolta eu tô fazendo de novo, pensando de novo.

Advertisements
Standard

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s